Óleos Essenciais contra a Tensão Pré-Menstrual (TPM)

extracaooetopo

Na hora de comprar óleos essenciais, exija qualidade!
Compre óleos essenciais da QUINARÍ!

Tensão Pré-Menstrual (TPM)

Tensão Pré-Menstrual (TPM)

É uma síndrome que envolve um conjunto de sintomas que aparecem na segunda fase do ciclo menstrual (uma a duas semanas antes da menstruação) e desaparecem nos primeiros dias do início do ciclo (geralmente dois a três dias após o início da menstruação).

Sintomas

Sintomas

Ansiedade, fadiga, compulsão alimentar (quase sempre por doces), confusão mental, nervosismo, irritabilidade, distensão abdominal, dor nos seios e outros – podendo afetar a esfera biológica, psicológica e social das mulheres acometidas.

Óleos Essenciais na TPM

Óleos Essenciais na TPM

Auxiliam no combate aos sintomas desencadeados pela TPM.
● Contra a ansiedade e a irritabilidade: camomila, gerânio, lavanda, rosas ou ylang-ylang;
● Contra o aumento no apetite: bergamota ou rosas;
● Contra o cansaço: alecrim ou sálvia esclaréia;
● Contra as crises de choro e confusão: gerânio ou lavanda;
● Contra a dor nos seios: gerânio;
● Contra o estado depressivo: jasmim, neroli ou rosas;
● Contra a insônia: bergamota, camomila ou lavanda;
● Contra a retenção hídrica: erva doce, limão e mandarina.

Escrito por Wagner Azambuja
Curso de Aromaterapia

Tensão Pré-Menstrual (TPM)

A tensão pré-menstrual (TPM) é uma síndrome que envolve um conjunto de sintomas que aparecem na segunda fase do ciclo menstrual (uma a duas semanas antes da menstruação) e desaparecem nos primeiros dias do início do ciclo (geralmente dois a três dias após o início da menstruação). Trata-se de uma condição de difícil identificação, pois, além do elevado número de sintomas, eles variam bastante de mulher para mulher. Estatisticamente, cerca de 80% das mulheres na fase reprodutiva são acometidas por alguns desses sintomas – que variam entre ansiedade, fadiga e compulsão alimentar (quase sempre por doces) à confusão mental, nervosismo, irritabilidade, distensão abdominal, dor nos seios e outros – afetando a sua esfera biológica, psicológica e social. Para tratá-los, porém, ainda não existe uma fórmula mágica universal, que acabe com o sofrimento da TMP de forma generalizada, mas sim um conjunto de medidas que podem atenuar a todos esses sintomas. Evitar o consumo de cafeína, açúcar, gorduras animais e álcool, fazer exercícios físicos, reforçar o consumo de fibras, cálcio e isoflavonas e dormir bem certamente ajudam. No entanto, tem crescido – e muito – a adoção de terapias alternativas para abrandá-los, como o da aromaterapia através do uso dos óleos essenciais.

Óleos Essenciais contra a TPM

Os óleos essenciais, para quem não os conhece, são substâncias bastante complexas formadas por múltiplos elementos ativos que atuam das mais diversas formas no corpo humano. O óleo essencial de gerânio (Pelargonium graveolens), por exemplo, é considerado “o óleo da mulher” por muitos aromaterapeutas. Afinal, seus elementos, de propriedades semelhantes aos hormônios femininos, possuem efeitos calmantes, antidepressivos e sedativos que ajudam a atenuar todos os desconfortos causados pela TPM. E não é só. O óleo de gerânio ainda é capaz de interferir na libido feminina e estimular as glândulas da tireóide e do sistema linfático, responsável pela retenção de líquidos que tanto perturba as mulheres neste período. Já o óleo essencial de erva doce (Foeniculum vulgare) é rico em anetol, um componente que atua no corpo como antiespasmódico e relaxante muscular, aliviando as cólicas. Além disso, o anetol, bem como vários outros componentes deste óleo, possuem afinidade por receptores estrogênicos, estimulando-os. Com isso, a variação hormonal que ocorre na TPM é mascarada, reduzindo a ação de diversos outros sintomas. Mas é claro que os óleos de gerânio e erva doce não são os únicos aliados das mulheres no combate à TPM. Dada a riqueza da natureza, há muitas outras opções conforme se segue.

Contra a ansiedade e a irritabilidade: camomila, gerânio, lavanda, rosas ou ylang-ylang;
Contra o aumento no apetite: bergamota ou rosas;
Contra o cansaço: alecrim (contra-indicado para hipertensos) ou sálvia esclaréia;
Contra as crises de choro e confusão: gerânio ou lavanda;
Contra a dor nos seios: gerânio;
Contra o estado depressivo: jasmim, neroli ou rosas;
Contra a insônia: bergamota, camomila ou lavanda;
Contra a retenção hídrica: erva doce, limão e mandarina.

Quanto ao uso desses óleos, as opções são igualmente diversas (banhos, massagens, difusores, etc.). Por exemplo: um delicioso banho relaxante pode ser facilmente preparado com mel, óleo de semente de uva e óleo essencial de lavanda, assim:

● 4 colheres de sopa de mel;
● 1 colher de chá de óleo de semente de uva;
● 4 gotas de óleo essencial de lavanda;
● Misturar bem todos os ingredientes, adicioná-los à banheira e permanecer nela por até 20 minutos.
Obs: para que não ocorra a rápida evaporação dos óleos essenciais, a água, neste caso, não pode ficar muito quente.

Por fim,
Vale dizer que diante de todo o estresse da vida moderna, nenhuma mulher precisa estar na TPM para merecer um banho como este ou uma massagem igualmente relaxante.

O óleo essencial de gerânio (Pelargonium graveolens) é considerado “o óleo da mulher” por muitos aromaterapeutas. Afinal, seus elementos, de propriedades semelhantes aos hormônios femininos, possuem efeitos calmantes, antidepressivos e sedativos que ajudam a atenuar todos os desconfortos causados pela TPM. E não é só. O óleo de gerânio ainda é capaz de interferir na libido feminina e estimular as glândulas da tireóide e do sistema linfático, responsável pela retenção de líquidos que tanto perturba as mulheres neste período.

comprar oleo de erva doce comprar oleo de geranio comprar oleo de lavanda

Deixe um comentário

Curso de Aromaterapia

Aprenda a como utilizar toda a energia dos Óleos Essenciais ao seu favor.

img-aromaterapia
dor de garganta oleos essenciais