Óleo Essencial de Carqueja

Óleo Essencial de Carqueja

NO ATACADO: em torno de USD 400,00 /L | Verificar a
disponibilidade: (42) 99981 0808 ou (42) 99114 0808

Nome

Nome

Óleo Essencial de Carqueja / Carqueja Essential Oil

Nome Científico

Nome Científico

Baccharis
trimera

Componente de Destaque

Componente de Destaque

Acetato de Carquejila
e Carquejol

Descrição

Descrição

Líquido amarelado de odor que lembra fumaça, amargo.

Principais Aplicações

Principais Aplicações

Fabricação de medicamentos, dada suas propriedades hipotérmicas, analgésicas e antiparasitárias. Na aromaterapia também é utilizado como repelente, antisséptico, hepatoprotetor e estimulante das funções digestivas.

Escrito por Wagner Azambuja
Curso de Aromaterapia

Carqueja (Baccharis trimera)

A Baccharis trimera, popularmente conhecida como carqueja, é uma planta nativa do sudeste e do sul do Brasil amplamente utilizada na medicina caseira. Seu primeiro registro escrito é de 1931, cuja infusão de suas folhas e ramos fora indicada para o tratamento da esterilidade feminina e impotência masculina, além de serem atribuídas propriedades tônicas, febrífugas e estomáquicas à seu chá. Com o tempo, passou também a ser empregada para problemas hepáticos e intestinais, como vermífuga, e, ainda, recomendada para o tratamento da úlcera, diabetes, malária, anginas, anemia, diarreia e inflamações na garganta. A Carqueja é um subarbusto perene, ereto, ramificado na base, de caules e ramos verdes com expansões trialadas, de 50-80 cm de altura. Possui folhas dispostas ao longo do caule e ramos como expansões aladas, inflorescências do tipo capítulo, dispostas ao longo dos ramos de cor esbranquiçadas. Atualmente, trata-se da única espécie do gênero citada na Farmacopeia Brasileira, embora existam várias outras. O alecrim-do-campo (Baccharis dracunculifolia), por exemplo, é a única espécie que fornece uma resina para a produção da própolis verde pelas abelhas, cujo óleo essencial contém altas proporções de (E)-nerolidol. E a vassourinha (Baccharis uncinella), utilizada pelos índios Laklãnõs de Santa Catarina por sua atividade reguladora da pressão sanguínea e como calmante.

Óleo Essencial de Carqueja

O óleo essencial de carqueja, conhecido internacionalmente como carqueja oil, é um líquido amarelado que possui um forte odor característico. De produção restrita, trata-se de um óleo nobre cujo rendimento, segundo a literatura, pode variar bastante – geralmente ficando entre 0,3 e 2,5%. Quanto à sua composição, é constituído primordialmente por terpenóides: monoterpenos (C10) e sesquiterpenos (C15), sendo o acetato de carquejila e o carquejol seus principais constituintes, embora também contenha alfa e beta pineno, ocimeno, sabineno, p-cimeno e outros. Aqui, um parênteses, pois, alguns óleos de carqueja não apresentam nem acetato de carquejila nem carquejol, o que indica, talvez, não se tratar da mesma espécie vegetal uma vez que o acetato de carquejila tem sido sugerido como marcador químico para Baccharis trimera. No sul do Brasil, há relatos de óleos com cerca de 70% de acetato de carquejila, enquanto que em outros casos, o carquejol é o elemento majoritário. Do ponto de vista das atividades biológicas, a presença de dois centros quirais no esqueleto carbônico destes elementos os tornam interessantes como synthons. Inclusive, foi por conta desses monoterpenos que nas décadas de 50 e 60, várias indústrias, na sua maioria estrangeiras, infelizmente, passaram a estudar este curioso óleo. Como prova, tem-se o registro de uma patente nos Estados Unidos da década de 60 sobre os efeitos hipotérmicos e analgésicos centrais do carquejol, obtido a partir do óleo essencial de Baccharis trimera.

Abaixo um esquema de síntese encontrado na literatura para a obtenção de carquejol a partir do beta-pineno, uma matéria-prima abundante que pode ser obtida a partir da destilação da resina de algumas coníferas, especialmente de Pinus elliottii aqui no Brasil.

Afirma-se que o carquejol é o componente responsável pela ação estimulante das funções digestivas e benéficas sobre o fígado do óleo essencial de carqueja.

Pesquisa e Indicações

À medida que os estudos avançam, o óleo essencial de carqueja, embora pouco conhecido da população geral, tem apresentado diversas propriedades interessantes. Por exemplo, em uma pesquisa recente, este óleo se mostrou altamente ativo contra a esquistossomose mansônica, uma helmintíase causada pelo Schistosoma mansoni considerada uma das mais importantes doenças endêmicas do mundo. Trata-se, portanto, de uma alternativa para as pessoas que não reagem bem à quimioterapia com praziquantel (PZQ), a principal estratégia adotada para o controle desta parasitose. Além disso, apresentou atividade repelente contra vários tipos de insetos, mostrou-se ativo contra Candida albicans, o fungo causador da candidíase, e, por fim, exibiu um leve caráter antioxidante – menor, entretanto, se comparado com seu extrato.

Comprar Óleo Essencial de Carqueja

Óleo Essencial de Carqueja

Produto: Óleo Essencial de Carqueja
Marca: QUINARÍ

Mostrando 2 comentários
  • Marcos
    Responder

    Chá de Carqueja (Baccharis trimera)

    Dispepsia (distúrbios da digestão);
    Não utilizar em grávidas, pois pode promover contrações uterinas. Evitar o uso concomitante com medicamentos para hipertensão e diabetes;
    O uso pode causar hipotensão (queda da pressão);
    Infusão: 2,5 g (2,5 col chá) em 150 ml (xíc chá);
    Utilizar 1 xíc chá de 2 a 3x ao dia.

  • MARINO LOZIO
    Responder

    EU LI QUE O OLEO ESSENCIAL DE CARQUEJA PODE SER ADJUVANTE NO TRATAMENTO DE ZUMBIDO D OUVIDO …..EXISTE ALGO A RESPEITO ……

Deixe um comentário

Curso de Aromaterapia

Aprenda a como utilizar toda a energia dos Óleos Essenciais ao seu favor.

img-aromaterapia
error: Conteúdo protegido!