Marketing Olfativo

Escrito por Wagner Azambuja

 

Marketing Olfativo

 

Atualmente, 83% dos investimentos publicitários se concentram em mensagens que procuram atrair a atenção do consumidor só pelo uso de imagens e/ou sons. Mas isto vem mudando gradativamente, pois algumas empresas já estão adotando (e com sucesso) novos recursos que servem de reforço ao apelo visual e sonoro. Esses recursos procuram explorar outros sentidos do ser humano com a idéia de seduzir o cliente e tornar a sua experiência de compra ainda mais agradável. Um exemplo do que estamos falando é o Marketing Olfativo, um conceito relativamente novo no Brasil que se utiliza de aromas para estabelecer e fortalecer um vínculo natural entre o cliente e a empresa.

 

“De acordo com um estudo da Rockefeller University (New York), o ser humano recorda-se de: 1% do que toca, 2% do que ouve, 5% do que vê e 35% do que cheira.”

 

 

O sentido do olfato se conecta a uma área do cérebro chamada sistema límbico. Esta região não se relaciona com o intelecto, mas com a memória emocional e hereditária. Por exemplo: é muito difícil esquecer o aroma do perfume de uma antiga namorada, não é mesmo? Sim, pois ao senti-lo, nosso cérebro interpreta aquele cheiro cruzando sensações com memória e faz “aparecer” instintivamente a imagem da fulana de tal em nossa mente. É exatamente esta ponte emocional que o Marketing Olfativo visa construir entre a empresa e o cliente. Ou seja, este recurso realmente pode influenciar positivamente um novo cliente quando do primeiro contato com a empresa – sendo capaz, inclusive, de estimular a compra. Já para os clientes antigos, o Marketing Olfativo consegue fazê-los vivenciar todos os momentos de atenção, de conforto e até de compra anteriormente vividos. Basta entrar em contato com o aroma daquela empresa, marca ou objeto – seja onde for. Isto é incrível!

 

Benefícios do Marketing Olfativo

 

Sentimento de bem estar do cliente;
Ferramenta de atração;
Complemento da imagem corporativa;
Referência de status;
Promoção do bem estar;
Diferencial de mercado;
Estimulo direto das vendas;
Fidedignção dos clientes;
Fixador da marca;
Melhoria da qualidade do ar;
Sobreposição de aromas indesejáveis.

Locais que podem se beneficiar do Marketing Olfativo

Pontos de venda;
Quartos de hotéis;
Salas de reunião;
Salas de atendimento ao cliente;
Corredores de acesso;
Gôndolas;
Displays.

Deixe um comentário

error: Content is protected !!