Óleo de Pracaxi

Fonte: Jornal de Aromatologia/2ª Edição/Ano II/2012

Pracaxi

 

O pracaxi é a nova novidade do momento. O seu efeito condicionador devido à formação de uma camada hidrofóbica ao redor da fibra dos fios traz como resultado um brilho e sedosidade nos cabelos de estrela de novela! Embora seu nome não seja tão difundido quanto o de outras espécies da biodiversidade brasileira, o pracaxi (Pentaclethara macroloba) é uma árvore muito conhecida na região da Amazônia, onde suas sementes produzem azeite de cozinha e a madeira pode ser utilizada para fabricar móveis e dormentes de ferrovias. As sementes de pracaxi são recolhidas pelas populações amazônicas em rios, praias e igarapés, sendo posteriormente secas ao sol e armazenadas para a comercialização local e prensagem para extração do seu precioso óleo. É uma espécie vegetal que encontra-se distribuída em todo o Brasil Setentrional, Guianas, Trinidad e algumas regiões da América Central. Possui um fruto em forma de vagem com 20 a 25 cm de comprimento, que contém de 4 a 8 sementes. Um quilo de sementes é composto por aproximadamente 35 vagens que contêm cerca de 30% de óleo. É uma árvore leguminosa fixadora de nitrogênio no solo, constituindo uma espécie pioneira que mostra um grande potencial na regeneração florestal e recuperação de áreas degradadas.

 

Óleo de Pracaxi

 

O óleo de pracaxi se destaca por ser o óleo mais rico em ácido behênico (10-25%) conhecido, cerca de 6 X mais do que o óleo de amendoim. O teor alto de ácido behênico e lignocérico no pracaxi deixa sobre a pele uma percepção sensorial aveludada e macia, como se ela fosse de “seda”. É um verdadeiro “silicone natural” que age mantendo a água nos poros da pele, hidratando, regenerando e protegendo-a, sendo um dos grandes segredos da pele macia dos índios de algumas tribos amazônicas. Poderoso cicatrizante dermatológico, tornou-se tradicional seu uso entre as populações locais no tratamento de picadas de cobras, cicatrização de úlceras, escaras e higienização da pele em cirurgias, já que estudos recentes têm demonstrado que o óleo de pracaxi tem forte ação antibacteriana, antiviral e antifúngica.

Óleo de Pracaxi - Ácido Behênico

Estudos confirmaram que frações isoladas do óleo de pracaxi constituem importantes compostos bioativos com atividade anti-hemorrágica, confirmando o uso por parte dos povos ribeirinhos da Amazônia deste óleo em sangramentos, tratamento de feridas e cicatrização de cortes pós operatórios de pequenas cirurgias. É assim, um poderoso renovador celular, que tem sido empregado na Amazônia em queimaduras e após cesarianas, visando evitar a formação de queloides e manchas (também age na suavização de manchas escuras causadas por alterações hormonais que ocorrem com frequência durante o período de gravidez). É utilizado na medicina popular contra a erisipela, que é uma infecção cutânea causada por bactérias onde limpa, cura e revitaliza a pele, combatendo inflamações e também na dermatite e psoríase, ajudando no controle do crescimento desordenado das células da pele. De todos os óleos existentes, o óleo de pracaxi está sem dúvida entre os mais poderosos hidratantes para a pele e cabelos, sendo considerado, portanto, maravilhoso para prevenção de estrias, especialmente aquelas que costumam aparecer no período de gestação, adolescência, e nos tratamentos de emagrecimento devido ao efeito sanfona. Contém vitamina e ácidos graxos com propriedades essenciais para produtos anti-rugas (ação antioxidante), atuando diretamente sobre as linhas de expressão. Além disso também existem pesquisas que relatam a atividade inseticida deste óleo (como da andiroba), especificamente contra o mosquito Aedes aegypti, que é o vetor da dengue.

Forma de uso: Puro localmente na quantidade necessária para abranger toda a área. Sem contra-indicações.

O óleo de pracaxi é um poderoso renovador celular, que tem sido empregado na Amazônia em queimaduras e após cesarianas, visando evitar a formação de queloides e manchas (também age na suavização de manchas escuras causadas por alterações hormonais que ocorrem com frequência durante o período de gravidez).

Óleo de Pracaxi para os Cabelos

 

O pracaxi é um dos grandes segredos indígenas para ter um cabelo de seda: deixa liso, macio, brilhante, desembaraçado e sem pontas duplas. Ele ajuda a criar uma camada hidrofóbica ao redor da fibra dos fios, protegendo os cabelos do ressecamento causado pelo sol, mantendo a umidade natural do cabelo e controlando o volume. Na escovação, o pracaxi proporciona um excelente efeito condicionante aos cabelos, facilitando o penteado e garantindo brilho e maciez. Em condicionadores, ele é o responsável pelo efeito alisante e devolve a vida aos cabelos danificados por processos químicos. Pode ser combinado com o óleo de argan (1/1), que juntos formam a “dupla dinâmica” no tratamento capilar dos salões mais badalados e caros. Forma de uso: Antes ou depois da escova, facilitando o penteado e reduzindo o volume. Previne e trata de pontas duplas além de tornar o cabelo macio como seda. Para isso, usar uma pequena quantidade na palma das mãos priorizando o comprimento e pontas. Podem ser empregadas 1-2 tampas cheias do óleo em cada 100 gramas de creme condicionador ou máscara capilar. Do site Premium Beauty News: Although its name is not as widespread as other species of the Brazilian biodiversity, the pracaxi is a very well known tree in the Amazon region. Its antibacterial and anti-hemorrhagic properties have made the plant traditional among local populations in the treatment of snake bites, healing of ulcers and surgical sanitation. The oil extracted from pracaxi seeds has several applications in the cosmetic industry. As a powerful dermatological moisturizing, it helps cell renewal and treats stretch marks, skin discoloration, and depigmentation. When applied to hair care products, it provides an excellent conditioning effect, eases combing, and enhances hair smoothness and shine.

Óleo de Pracaxi

Deixe um comentário