Métodos de Extração de Óleos Essenciais

Escrito por Wagner Azambuja

 

Destilação a Vapor

 

A destilação a vapor é o método mais utilizado para a extração de óleos essenciais a nível mundial. Através dele, é possível obter óleos das mais diversas espécies vegetais, seja de folhas, raízes, gramíneas, ramos, sementes e até de algumas flores. Processo simples, ele consiste em submeter o material vegetal à ação do vapor d´água, que extrai o óleo pelo “arraste de vapor”. Funciona assim: inicialmente, o vapor d´água atravessa os tecidos da matéria prima vegetal, levando consigo o óleo contido no interior das suas glândulas. O óleo liberado, então, vaporiza-se com o choque térmico, sendo “arrastado pelo vapor” até atingir o condensador, onde esta mistura, de óleo mais hidrolato (subproduto), resfria-se e volta à fase líquida. Por fim, a mistura atinge o último estágio do processo, o separador, que vai separar o óleo do hidrolato por meio das diferenças de polaridade e densidade destas substâncias. Na destilação a vapor, o destilador, também chamado de alambique ou extrator, é composto por três partes: a dorna, recipiente cujo material vegetal é compactado; o condensador ou serpentina, onde a mistura de vapores é resfriada; e o vaso separador. Em projetos industriais, tem-se ainda um outro elemento, a caldeira, responsável pela produção de vapor.

 

É importante lembrar que para assegurar a eficiente e completa extração do óleo essencial, o material a ser destilado deve ser previamente preparado através da eliminação de resíduos (impurezas na biomassa) e da sua trituração, quando se tratar de sementes, madeira ou galhos. Isto porque a trituração aumenta a superfície de contato entre o óleo, contido nos vacúolos das células vegetais, e o vapor de arraste, aumentando com isto a velocidade do processo e, é claro, o rendimento. É evidente que o material, depois de triturado ou reduzido no seu tamanho, deve ser imediatamente destilado para evitar a perda de componentes voláteis.

Destilador de pequeno porte:

[/vc_column]
Algumas espécies vegetais ricas em amido, quando submetidas ao processo da destilação a vapor, podem produzir óleos com características indesejáveis, ou seja, com um aspecto “queimado”. Isto ocorre porque o amido, sob as altas temperaturas desta operação, “carameliza-se”, e acaba por alterar o sabor/aroma do óleo produzido. Felizmente, porém, este problema pode ser minimizado, e até eliminado, através de alguns ajustes na pressão de vapor e no tempo em que a biomassa fica submetida a este processo.

Prensagem a frio

 

Trata-se do método mais empregado para a extração de óleos de frutos cítricos, como bergamota, laranja, limão, grapefruit, etc. No Brasil, e na maioria dos outros países, este processo é realizado pelas próprias unidades produtoras de suco, onde os frutos são despejados inteiros diretamente em uma prensa hidráulica. Esta prensa, através do esmagamento, faz com que o suco e o óleo essencial sejam expelidos simultaneamente dos frutos. O óleo essencial é, então, removido por meio de jatos d´água, formando uma emulsão composta por 1 a 3% de óleo essencial, fragmentos sólidos e outros detritos, que na seqüência são removidos por um ciclone. Após esta etapa, o óleo vai para um conjunto de centrífugas, para clarificação, no qual se obtém o seguinte sistema ternário: uma fase leve (rica em óleo), uma fase intermediária (rica em água) e uma fase pesada (rica em sólidos insolúveis). Por fim, a fração leve, que contém de 70 a 80% de óleo, é então concentrada por centrifugação, sendo conduzida para tanques decantadores onde ocorre a separação final.

Além da obtenção do óleo essencial, diversas unidades citrícolas também fazem a sua desterpenação. Em linhas gerais, o processo de desterpenação (ou folding) reduz a fração terpênica do óleo, que se degrada com facilidade, e concentra, ao mesmo tempo, a fração oxigenada, responsável pelo seu sabor e aroma. Como resultado, tem-se um óleo com melhor estabilidade, solubilidade e flavor. Curiosidade: além dos óleos cítricos, diversos óleos vegetais (ou carreadores) são extraídos pelo método da prensagem, como o de amêndoas, castanha, gérmen de trigo, etc. Esses óleos, na aromaterapia, são bastante utilizados para veicular os óleos essenciais, seja para ingestão, odorização ambiental, massagem ou fim cosmético. Ou seja, são óleos que, dentre outros fins, servem para diluir os óleos essenciais uma vez que sua aplicação de forma pura pode trazer alguns efeitos colaterais (por exemplo: intoxicação, irritação da pele e outros).

O bergapteno (5-metoxipsoraleno), elemento fotossensibilizante encontrado na casca de alguns cítricos, desaparece nos óleos essenciais extraídos por arraste de vapor, porém, é facilmente identificado nos óleos obtidos por prensagem.

Hidrodestilação

 

Trata-se do método de extração mais utilizado em escala laboratorial. Nele, a matéria-prima vegetal é completamente mergulhada na água, ao contrário do que acontece na destilação a vapor. A extração, então, ocorre a uma temperatura inferior a 100º C, o que evita a perda de compostos sensíveis a altas temperaturas, entretanto, torna a destilação mais lenta e com menor rendimento. Industrialmente, é considerado um processo obsoleto, até artesanal, mas que continua sendo praticado em diversos lugares, em especial nos países mais atrasados, onde o acesso as caldeiras a vapor é mais difícil.

Enfleurage

 

O enfleurage, também chamado de enfloração, é uma técnica desenvolvida no século XVII para a extração de óleos essenciais de matérias primas mais delicadas, como de rosa, jasmim, violeta e tuberosa, flores emblemáticas cultivadas em Grasse, na Provence, cujos compostos podem sofrer alterações e até serem perdidos se extraídos por outros métodos. Processo lento, complexo e caro, o enfleurage clássico está praticamente extinto, porém, dada a excelente qualidade dos óleos que ele fornece, ele vem sendo constantemente reinventado e adaptado com o uso da alta tecnologia. No método clássico, basicamente, as pétalas são picotadas e colocadas sobre algumas placas de vidro em contato com uma gordura animal ou vegetal inodora, a qual funciona como uma esponja. Após 24 horas, estas pétalas são substituídas e este processo repete-se por várias semanas, quando a gordura passa a ficar com aspecto de “pomada”, saturada de óleo. Na sequência, a gordura é filtrada e destilada, obtendo-se um concentrado oleoso aromático – que posteriormente é misturado a um álcool e novamente destilado, dando origem ao óleo essencial.

(*) pelo processo de enfleurage, são necessárias, em média, 126 mil flores para se obter 1 Kg de óleo essencial.

Extração por Solventes

 

Algumas plantas, em razão das próprias características do vegetal, são bastante delicadas e por isso não podem ser submetidas a processos de extração capazes de degradar seus constituintes aromáticos, como a destilação a vapor, em virtude das altas temperaturas. É o caso do jasmim, da rosa, do neroli e várias outras que exigem métodos menos agressivos para se obter produtos de ótima qualidade. Neste caso, a extração por solvente é uma opção, pois, através deste processo, os óleos essenciais são extraídos por meio de um solvente, como o n-hexano, ciclohexano, benzeno, tolueno, éter de petróleo, dentre outros, que preservam melhor a integridade dos compostos em questão. A extração por solvente dá origem a dois produtos: o concreto e, posteriormente, o absoluto. O concreto é o produto da primeira fase, resultante da extração com os solventes descritos acima, que são apolares. Nesta etapa, obtém-se não somente o óleo essencial, mas também ceras, parafinas, gorduras, pigmentos e outros compostos oleosos, razão pela qual ele apresenta uma consistência pastosa ou semi-sólida. O concreto de jasmim real, por exemplo, possui em torno de 55% de óleo essencial. Já o absoluto, por sua vez, é obtido a partir do próprio concreto, após submetê-lo a outro tipo de solvente, desta vez polar, como o etanol. O solvente, neste caso, purifica a mistura das ceras, parafinas e demais substâncias gordurosas, levando a um produto final de consistência mais líquida.

Sabe-se, também, que alguns destes solventes apresentam certa toxicidade, e, por isto, podem causar repulsa à primeira vista. O benzeno, por exemplo, foi caracterizado pela NTP (National Toxicology Program) como “substância potencialmente carcinogênica em humanos”. Por conta disto, a IFRA (International Fragrance Association) recomenda que a utilização do benzeno, em fragrâncias e perfumes, não deve exceder 1 ppm e a União Europeia chegou a proibir seu uso como matéria prima em cosméticos. Hoje, como substituto do benzeno, tem-se empregado o ciclohexano – um composto orgânico que pode ser produzido a partir da hidrogenação catalítica do próprio benzeno, ou, por destilação fracionada do petróleo. Por esta razão, ele também pode conter traços de benzeno, mas, com uma toxicidade muito menor. Na realidade, ainda não há dados oficiais sobre o seu potencial carcinogênico, embora em 2001, um relatório da Scientific Committee on Toxicity, Ecotoxicity and the Environment tenha sugerido a sua utilização em até 250 ppm. Independentemente, tal como ocorreu com o benzeno, solventes mais tóxicos estão deixando de ser utilizados em várias aplicações, e, além disto, tem-se disponível hoje diversas tecnologias capazes de eliminar consideravelmente os solventes dos concretos e absolutos produzidos. Ou seja, de acordo com o solvente empregado, bem como dos recursos para a sua eliminação, é possível termos no mercado produtos 100% seguros obtidos por este método.

O óleo essencial de cravo, quando extraído por solvente, não apresenta em sua composição o beta-cariofileno, elemento que aparece em quantidades consideráveis (de 5 a 12%) em óleos extraídos pela destilação a vapor.

Fluídos Supercríticos

 

Nos últimos anos, a extração por fluídos supercríticos conquistou um lugar de destaque tanto na química analítica quanto nos processos industriais. Ela teve seu início na Alemanha, com o processo de remoção da cafeína do café no final dos anos 70, e apresenta uma importantíssima vantagem quando comparada a outras técnicas: o fato de ser uma tecnologia limpa, atóxica e não residual, capaz de manter a total integridade das matérias-primas em questão, dando origem a produtos de alta qualidade para as indústrias farmacêuticas, alimentícias e de perfumaria. Neste processo, os gases, acima de uma determinada temperatura e pressão, passam para um estado intermediário entre o líquido e o gasoso, ou seja, tornam-se “supercríticos”, podendo então agir como solventes. O mais utilizado é o gás carbônico (CO2) supercrítico, que, além de ser barato, apresenta densidade relativamente alta (próxima à de um líquido), baixa viscosidade e alto poder de penetração (típico dos gases), conferindo-lhe excelentes qualidades de extração. Para obtê-lo, o sistema opera na temperatura de 31,04º C, à pressão crítica de 73,8 bar, não oferecendo, portanto, riscos de reações secundárias, como oxidações, reduções, hidrólises e degradações químicas.

Como funciona:

Para a extração de óleos essenciais, a biomassa é colocada dentro de um cilindro que possui, em ambas as pontas, uma capa de metal poroso que tem por finalidade permitir a livre circulação do fluido supercrítico e das substâncias dissolvidas. O CO2, então, passa através das matérias-primas, onde os óleos são dissolvidos e extraídos até um nível de solubilidade de equilíbrio (cerca de 10% p/p). Na seqüência, a solução gasosa sai do extrator e passa por uma válvula redutora de pressão, causando a precipitação dos componentes no separador. Nesta etapa, o óleo é separado do gás carbônico, que, em seguida, é reciclado pelo compressor dando início a um novo ciclo. Os ciclos, por fim, repetem-se até que todos os componentes sejam extraídos e coletados no separador.

O óleo essencial de olíbano, quando extraído por gás carbônico supercrítico, produz um óleo rico em triterpenóides (com cinco unidades de isopreno), os quais possuem ação antiinflamatória. No entanto, quando obtido por arraste de vapor, estes componentes são degradados durante o processo e por isso não aparecem na sua composição.

 

Para encerrar, é importante deixar claro que os produtos deste método praticamente não sofrem reações de hidrólise, esterificação, caramelização ou alterações térmicas, razão pela qual são os que melhor representam o material original. Entretanto, sua maior (e talvez única) desvantagem está no alto preço dos equipamentos, afinal, uma unidade industrial de extração chega aos milhões de dólares.

Showing 85 comments
  • Adalberto Cordeiro
    Responder

    Boa noite amigo, gostaria se for possível me informar quanto gastaria para montar uma pequena extração de oleos de plantas e raizes, artezanalmente, quais as ferramentas? e se é necessarioa assinatura de um quimico? Sem abusar do seu presioso tempo ficaria grato pelo envio dessa informação. Abraço Atenciosamente Adalberto.

    • alessandre
      Responder

      Adalberto posso de orientar ou até mesmo montar um equipamento caseiro , dentro dos padrões porém com material usado.

      • Cristina
        Responder

        Também gostaria de saber como montar um aparelho caseiro (dentro dos padrões), por favor!

      • Armando
        Responder

        Amigos, gostaria de uma acessoria para desenvolvimento de um projeto para montagem e operação de uma pequena extração de oleos e raizes artesanalmente, se possível com equipamentos usados ou caseiros. grato Armando Scarpino

        • Valdilene Reis
          Responder

          Amigo Armando, vejo que pergunta sobre extração ccom equipamentos caseiros, poderia entrar em contato no meu e-mail para conversarmos sobre o assunto
          valdilene.reis2017@outlook.com

      • Adriano de França
        Responder

        Boa noite amigo estou fazendo um trabalho de conclusão do meu curso de quimica e precisaria de um fluxograma de oleo de eucalipto
        gostaria saber também os custos envolvidos no processo desde a tonelada das folhas de eucalipto o rendimento e oi custo produzido por litro

      • Lilian
        Responder

        Olá! Vc que disse aí que pode montar um equipamento caseiro. Pode entrar em contato comigo por e-mail? Tenho interesse

      • Dayane lima
        Responder

        Gostaria do seu contato. Obrigada!

      • cezar
        Responder

        Boa a noite amigo vi os comentário q VC poderia montar uma extratora? Eu gostaria de ter uma?? Como fazemos si possível m deije seu numero de whaspp q entro em contato!

      • Adriana
        Responder

        Boa tarde

        Tenho interesse tb , principalmente para fazer óleo de abacate, para consumo familiar.
        Obrigada

      • Marcio Sainsonas
        Responder

        Pode passar mais informações sobre o equipamento que pode montar?

      • rosemere guimaraes rocha
        Responder

        ola eu gostaria de saber como montar esse equipamento, se for posivel me manda por email rrocha-gsc@hotmail.com .
        desde de j obrigada

      • Edison Gerlack
        Responder

        Olá Alexandre:
        Preciso montar um micro destilador e, se possivel com material reciclado, entao ainda melhor.
        Gostaria que me orientasse nesse sentido.
        Att,

      • maceno
        Responder

        Bom Dia Alessandre. tambem tenho interesse.estou em curitiba

        qual seria o custo .

    • Claudio
      Responder

      Alessandre, vc tem um email de contato?

    • Elenilson Ferreira Ribeiro
      Responder

      Sim, precisará com certeza. Se precisar me procure no LinkedIn é só procurar no Google que estou lá .

    • Plácido Loiola Sarmento
      Responder

      Gostaria de saber pode usar um alambique de fazer cachaça para destilar citronela, gostaria de saber o valor deste modelo do senhor Adalberto Cordeiro. A sua informação é muito importante para mim, pois tenho várias plantas de boas qualidades para extrair óleo. Agradeço muito por suas ótimas informações. Um abraço.

  • Nicole S teodoro
    Responder

    Bom dia, gostaria de saber qual é o procedimento para extração de oleo essencial da pimenta rosa e onde posso encontrá-la. Desde já agradeço.

  • FABIO LEITE BASTOS
    Responder

    Boa tarde amigo, gostaria se for possível me informar quanto gastaria para montar uma pequena extração de oleo essencial de pimenta preta, quais as ferramentas? e se é necessarioa assinatura de um quimico?
    Grato
    Fabio Leite Bastos

  • sidvaldo
    Responder

    gostaria de saber os principais métodos de extração de oleo vegetal

    • João Freire
      Responder

      Prezado Sidvaldo, a prensagem (cold press) é o principal método para extração de óleos vegetais. Basicamente, neste método, você coloca a sua MP em uma prensa hidraulica; a qual vai extraindo o óleo através de moagem. Ok?

  • Helder Firmino Mangaze
    Responder

    Gostaria de saber em como extrair oleo em micro-plantas, atrves da destilacao do vapor. Agradeco desde ja

  • RUBENS JOSE DA SILVA
    Responder

    GOSTARIA DE SABER COMO COMEÇAR UMA PEQUENA EXTRAÇÃO DE ÓLEO, POIS TENHO UMA MARCA REGISTRADA NO INPI DE PERFUMES E GOSTARIA DE TER UMA FRAGANCIA EXLCUSIVA

  • Luiz Augusto Lupepsa
    Responder

    Parabéns Wagner!!

    Excelente artigo,.. bem completo, e muito esclarecedor

    Muito bom mesmo.

  • sara oelke
    Responder

    Boa tarde

    gostaria de extrair oleo de cravo , tomilho e melaleuca:
    existe algum extrator para pequenas quantidade, ou como seria a extração de modo caseiro? e onde posso achar folha de melaleuca?

    no aguardo desde já agradeço

    Sara Oelke

  • MARCILENE
    Responder

    BOM DIA
    GOSTARIA DE SABER COMO FAZER DESTILAÇÃO DO CRAVO?
    OBRIGADA

  • Edione Dornelles
    Responder

    Oi igostaria de saber como destilar, por arraste a vapor do cravo, pois tentei de modo artesanal e só saiu um hidrolato branco.

    • Yves
      Responder

      entre em contato comigo e explico. (19) 9-9798-3781

    • Elenilson Ferreira Ribeiro
      Responder

      Se o composto ficou branco muito provavelmente houve agua no processo que pode ser retirada com sulfato de sódio para a retirada total da água. Att, Elenilson Ferreira Ribeiro .’.

      • Renata
        Responder

        Elenilson por favor entre em contato comigo por email renatinha_dias_33@hotmail.com. Obrigada desde já.

        • Elenilson Ferreira Ribeiro
          Responder

          Oi o que está acontecendo em seu processo?A retirada da água pode acontecer dependendo do seu processo se for em reator por temperatura e vácuo no sistema reator, condensador e vaso separado.

          • Júnior Piassa

            Teria alguma opção para óleo de abacate

  • Marcelo
    Responder

    Ola Boa tarde amigo, estamos desenvolvendo um Trabalho de Conclusao de Curso sobre terpeno citrícos , gostaria de saber se vocês podem nos ajudar com informacões , fluxograma dos processos, extraçao em escala industrial, seria um plaser divulgar o site como um aliado em nossa apresentação , obrigado

  • Luiz Carlos Cotta
    Responder

    Gostaria de saber em quanto fica a montagem de um aparelho de extração por arraste de vapor artesanal. e o preço do aparelho divulgado no vídeo

    • Domingos fiori
      Responder

      Eu estou montando uma pequena maquina de Extração de Oleos Escenssiais, O Alambique que eu Criei , tem capacidade para 20.8 lt. entre o restante dos equipamentos deverá ficar entorno de 1300, a 1500 Reais devo inaugura-lo antes do final do ano. Está prnto o maquinario. estou muito ancioso. mas tenho a serteza de dar Serto.

      • Madison
        Responder

        Olá colega,
        Você conseguiu concluir a instalação de sua máquina extratora de óleos essenciais?
        Até,

  • mariangela
    Responder

    bom dia Wagner, gostaria de saber se vc.comercializa a prensadora, temos muito limão em nosso terreno.

    • José Ronaldo teixeira
      Responder

      Bom dia Mariangela, já comercializei alguns equipamentos para extração de óleo de laranja e Mandarina verde com o processo de ralar e prensar. Meus principais clientes estão no RS, Ecocitrus e Citrus Nedel. Se houver interesse entre em contato (19) 974029497 Whats

  • Amarildo Freitas
    Responder

    Sou produtor de pimenta malagueta e raiz de gengibre. Pretendo montar uma pequena usina de extração de óleos essenciais pelo método de fluidos-supercríticos. Mas para elaborar um projeto necessito de algumas informações, como: custo do maquinário conforme sua produção e, se o método para extrair o óleo do gengibre ideal seja o proposto. Aguardo informação e, desde já agradeço a gentileza e a colaboração.

    • Elenilson Ferreira Ribeiro
      Responder

      Que estado? Tenho experiência com extrações, Elenilson Ferreira Ribeiro no LinkedIn entre em contato.

  • Geraldo Novaes
    Responder

    Boa noite Wagner e parabéns pela explicação em vídeo acima.
    Gostaria de saber qual é o custo para montar um destilador de óleo essenciais.
    Aguardo e obrigado.

    • Wagner Azambuja
      Responder

      Meu amigo, estou vendendo o meu destilador, semi-novo.
      É o que aparece no vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=os7PE0Z-fxA
      Tem capacidade p/ 10Kg de folhas. Preço: 8.000,00 (retirada no local, por conta do comprador).
      É todo feito em aço-inoxidável de 1º qualidade.
      Só estou me desfazendo deste equipamento porque adquirimos uma coluna industrial de fracionamento.
      Um abraço,
      Wagner

  • adelino
    Responder

    ola bom dia gostaria de saber sobre valores de um destilador para óleo de folhas fresco.um de pequeno porte ok

  • Tainá
    Responder

    Boa tarde! Primeiramente gostaria de agradecer pelo excelente artigo, com informações muito valiosas.
    Sou estudante de Química e estou fazendo um TCC sobre o óleo essencial da folha de cambucí, planta nativa de minha região. Para isso, estou com intenções de montar um extrator de óleos essenciais caseiro e piloto como projeto, será que você poderia me dar algumas dicas de como poderia fazê-lo. Desde já agradeço à atenção. E mais uma questão seria possível extrair óleo essencial utilizando um rotavapor?
    Muito obrigado.
    Até breve.

    • Robson
      Responder

      Também gostaria de saber.

  • Valéria
    Responder

    Boa tarde, agradecemos pelo excelente material. Gostariamos de saber qual melhor e mais acessivel metodo de extração do oleo de jasmim gardenia poderiamos estar utilizando para o nosso TCC. Agradecemos a atenção.

    • João Freire
      Responder

      Prezada Valéria, para extração de óleo de jasmim o ideal seria utilizar solventes. Porém, lembre-se de utilizar um solvente que traga o mínimo possível de riscos ao ser humano, afinal, sabemos que há solventes potencialmente perigosos (que causam câncer, por exemplo). Mesmo com as técnicas de “purificação”, ou seja, de eliminação do solvente pós extração, o óleo ainda pode conter resíduos; que podem trazer problemas. Fica a dica! 😀

  • Ola, estou também no grupo e gostaria de saber como faço para montar um equipamento em minha propriedade. obrigado,
    Responder

    Ola, estou também no grupo e gostaria de saber como faço para montar um equipamento em minha propriedade. obrigado,

  • Brenda
    Responder

    Oi, gostaria de saber qual dos métodos é mais eficiente, tem maior rendimento, bem como menor gasto para extração do óleo essencial da laranja?

  • Eliza
    Responder

    Boa tarde, gostaria de saber qual tipo de óleo essencial o método de expressão extrai… o fixo ou o volátil?

  • MARCOS BRAGA
    Responder

    GOSTARIA DE SABER QUAL O MELHOR, MAIS PRÁTICO E MAIS BARATO MÉTODO, E COMO POSSO CONSEGUIR O ÓLEO ESSENCIAL DE GENGIBRE CASEIRO.

  • Eliane
    Responder

    Muito bom seu artigo , parabens

    • Manuela Simões
      Responder

      Antes de mais parabéns peloconhecimento transmitido. Será que me podia dar alguma informação adicional sobre a extração de óleos, tais como pinho, eucalipto, isto é, algo cuja extração não represente grandes custos, grandes investimentos e que possa ser realizada por pessoas com alguns handicaps.
      Ficar-lhe-ia muito grata. Obrigada

  • Gustavo Piccin
    Responder

    Prezados, bom dia! Notando interesse da maioria para montagem de plantas, indico para casos necessários em que se utiliza separadoras centrífugas e decanter centrifugos a procurarem a Centrimotion Centrifugas Industriais (19) 3304-5412, empresa situada no estado de São Paulo, especializada neste tipo de equipamento.

  • Lucas Gazoli
    Responder

    Boa tarde, gostaria de saber qual o modo mais efetivo para extração de essencias de diversas frutas

    • janio
      Responder

      Amigo também gostaria de saber. quando souber da resposta compartilhe comigo, please.

  • Ermes Rodrigues
    Responder

    Bom Dia! Estou fazendo meu TCC com o seguinte tema, utilização do óleo do abacate e da hortelã. Queria saber se vocês saberiam me informa se este método serve pra a extração do óleo da hortelã e do abacate, ou é outro método?
    Att.

  • Douglas Matos
    Responder

    Olá. Gostaria de fazer destilação de resina de Pinus em escala piloto. Você tem o aparato? Custos? Grato,

  • shirley faetthe
    Responder

    Olá.. estou interessada em saber onde como obter caldeira ou destilador para castanha de murumuru e castanha do Pará.
    Poderia me ajudar.
    atenciosamente shirley faetthe

  • Eugenia Brito
    Responder

    gostaria de saber como poderei extrair oleo de sementes de tamarindo em casa.pf

  • Roberto Alves de Sousa
    Responder

    Gostaria de saber como extrair o óleo de castanha do brasi e da andiroba e quanto e onde compro o maquinário.

  • Robson Pereircar de Carvalho
    Responder

    Olá!
    Preciso montar um projeto utilizando o dióxido de carbono atingindo o estado de fluído supercrítico. Já tenho o fluxograma, porém estou com dificuldades em montar na prática,e até mesmo aonde comprar esses produtos.
    Poderia me ajudar?
    Muito obrigado….

    • João Freire
      Responder

      Prezado Robson, eu não tenho este conhecimento. Porém, eu soube que o pessoal da Escola Politécnica da USP tem um projeto com CO2 supercrítico. Talvez, eles possam ajudá-lo.

  • Paulo Henrique coelho
    Responder

    Gostaria de saber como separo o essencial do fixo…
    Grato

  • Paulo Henrique coelho
    Responder

    Muito bom!!!

  • Lucas Jose Lopes
    Responder

    Wagner gostei desse trabalho, seria possível realizar a extração totalmente das sementes de girassol? Estou fazendo um trabalho de conclusão de curso patenteado pelo Senai, de caracterização de farinha de sementes, durante o trabalho não estamos conseguindo encontrar um método para realizar a extração 100% do óleo das sementes de girassol! Seria possível através da destilação a vapor extrair todo o óleo das sementes de girassol ?

  • Mafalda
    Responder

    Olá! Será que me podia dizer quais os processos mais adequados para a extração de oleos da soja, colza e girassol?

  • Caroline Ohanna
    Responder

    Gostei muuuito desta matéria o conteúdo é bem explicativo e me serviu de bases complementar para meu relatório de química orgânica I.

  • Talita Ferreira
    Responder

    Olá! Gostaria de fazer extração em casa de frutos cítricos, porém todos os métodos aqui descritos se tornam inviáveis para mim. Existe algum método simplificado para isso? Se possível, me envie por email um sugestão. Grata!

  • Ana Paula stefanello
    Responder

    gostaria de saber como montar um destilador caseiro de plantas aromáticas e se tem como fazer a extração do óleos essencial através de solventes sem ser preciso de um destilador? poderia me ajudar? obrigado!

  • João Jarnaldo de Araújo
    Responder

    Parabéns pelo artigo altamente enaltecedor! Tenho floresta de Eucalípto Citriodora, e estou procurando interessados em aquisição ou parceria de folhas de árvores que atualmente estão em ponto de corte e serão derrubadas dentro em breve! tenho por pretensão entrar no negócio de óleos essenciais, como atividade complementar, produzindo outros variedades afins! Meu telefone para contato é 034- 988941420! Luzes!

  • Alana
    Responder

    Olá Elenilson, tudo bem?
    Adicionei você no linkedin, gostaria de conversar com você sobre a produção industrial de óleo essencial de camomila, por fluido supercrítico (CO2), estou trabalhando neste projeto e eu e minha equipe temos algumas dúvidas em relação ao processo, principalmente em relação ao fluxograma de produção e condições operacionais. Pode me ajudar?

    • Elenilson Ferreira Ribeiro
      Responder

      Olá, tudo bem?
      Mas este estudo seria para um processo produtivo?
      Em escala de produção ou em laboratório ?
      Desculpa pela demora, estou concluindo o curso também de Eng de produção está bastante corrido.

      • Elenilson Ferreira Ribeiro
        Responder

        Eu teria que sentar para verificar os fluxos possíveis .

        • Elenilson Ferreira Ribeiro
          Responder

          Os experimentos são de forma experimental em laboratório ou em empresa?
          Quais os materiais utilizados e os métodos .

          • Elenilson Ferreira Ribeiro

            Possuo experiência em métodos de esterificação.
            Conheço o método de enfloraçao um pouco e outros.

  • Edison Gerlack
    Responder

    Gostaria de saber com quem fazer contato para dimensionar um processo de destilação de óleos essenciais a partir de folhas, se possível com reaproveitamento de equipamentos e materiais usados e/ou recilados. Também tenho interesse de extrair óleos de laranja, qual seria o processo?
    Att,

    • Washington wagner
      Responder

      Tenho um amigo que fabrica sucos . E o carro chefe é o suco de laranja , Sao toneladas de casca de laranja jogada fora ten alguma atividade Para aproveitar ease material? Aguardo resposta um abraço! Meu nome Wagner lima .

  • joao paulo
    Responder

    Ola, gostaria de saber qual o melhor método para a extração do óleo do pique?

  • Luis Antonio Rodrigues Borges
    Responder

    Gostaria de que entrassem em contato comigo. Estou montando um projeto de extração óleos essencias em florestas de eucalipto.
    Obrigado

  • Ivan
    Responder

    Gostaria de saber se alguém produz o óleo essencial da Lippia origanoides Kunth (alecrim-pimenta). Também tenho interesse em conhecer melhor o processo de extração de óleos essenciais e equipamentos necessários. Se alguém puder comentar, eu agradeço.

  • Patricia
    Responder

    Olá, gostaria de saber como montar o processo de extração da camomila e eucalipto. Vou começar TCC e esta bem complicado. Agradeço a atenção. Obrigada!!

  • Ana Paula silva
    Responder

    Olá amigo gostaria de saber se o óleo de cedro e extraído da folha ou da madeira desde já aguardo resposta.

  • Joelma Pimentel
    Responder

    Estou desenvolvendo uma pesquisa com meus alunos do Ensino Médio, extração de essência do capim citronela para produção de repelentes. Gostaria de saber o melhor método para extração de óleo essencial de citronela, se por arrasto no destilador ou no caso da produção da tintura, pelo método do solvente, uso uma solução de 30% de álcool etílico hidratado70° e 70% de água. Gostaria de saber se poderia nos fornecer material de leitura para ajudar na nossa pesquisa. Se você autoriza o uso deste material para fundamentação teórica de nossa pesquisa. Desde já grata.

  • Júnior Piassa
    Responder

    Gostaria de informações sobre óleo de abacate equipamento

Deixe um comentário